Armadilha 9 – Você realmente se prepara?

Ainda estou realizando alguns pitacos no assunto “Catálogo de Serviços” relacionado à palestra que realizaria no evento do HDI (para recuperação desse histórico, visite o bla-bla-bla na apresentação da Armadilha 1).

Aliás, esse é um bom exemplo de comportamento que venho tomando e recomendaria para os amigos:

Transformar limões em limonadas.

E geralmente essa abordagem traz aspectos positivos e evita de ficarmos resmungando sobre limões azedos.

Fiz isso com a experiência negativa de minhas férias numa pousada em Santa Catarina e agora com as armadilhas.

Muitas vezes as coisas acontecem fora do nosso controle e dos outros. Só. Mas uma situação desconfortável ou negativa se apresenta. E então a postura que você adota vai influenciar seu modo de vida (hahaha, virei filósofo!).

OK, vamos lá.

Um dos aspectos que prejudicam sua performance e do seu Help Desk é que talvez você não se prepare adequadamente para atender seus usuários.

Realizar a tarefa de atendimento e suporte é muito mais do que chegar às 08:00 e ficar de prontidão em frente ao telefone.

Obviamente, estou sendo beeeem simplista, mas quando você falha ao se preparar (que serviços atendemos, em que horário, que prioridade etc.) é bem como diz o slide: estará se preparando para falhar.

Muitos de nós somos tarefeiros. Se nos derem uma tarefa, executamos a mesma com rapidez e qualidade.

Mas se nos pedirem para pensar e refletir, uma certa angústia de nada estarmos fazendo se apodera da gente. E logo buscamos/catamos alguma tarefa para realizar.

Por isso, resista.

PLANEJE. Separe um tempo para pensar no seu cátalogo. Para publicar e divulgá-lo.

Os resultados serão bons. E melhores do que os atuais.

Abraços,

El Cohen

PS: Uma fábula para ajudar a entender a importância do planejamento:

O Lenhador sem tempo

Um caçador saiu para o seu dia de lazer e, ao entrar na floresta, encontrou um forte lenhador que tentava derrubar uma árvore.

Ele passou o dia todo caçando e, ao retornar para o seu hotel, passou novamente pelo lenhador, que ainda continuava tentando derrubar a mesma árvore.

O caçador percebeu que o machado utilizado pelo lenhador não estava afiado.

Disse, então, ao lenhador :

– Por quê você não afia esse machado?

O lenhador lhe respondeu :

– Não posso. É mais uma atividade para fazer e eu não tenho tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.