Suporte de empresa pública, tasque improbidade administrativa neles!

Serviços de cunho pessoal costumam bagunçar um ambiente já desorganizado

Situação

chapeuzinhoUm desembargador encontra um rapazinho do suporte técnico do tribunal e pede a ele que instale um aplicativo em seu tablet pessoal.

Um funcionário de gabinete de um deputado pede ao time de suporte técnico da Assembleia que dê um jeito no seu micro pessoal.

O diretor de uma instituição pública pede ao suporte que instale o aplicativo do imposto de renda em seu computador para que possa realizar as providências cabí­veis.

Um reitor de universidade pública não consegue imprimir o boleto do clube e pede ajuda ao Service Desk.

Problemas

Cada vez que um funcionário público, ainda que do suporte técnico, é desviado de suas atividades — que seriam atender às necessidades do negócio — para resolver problemas particulares, sua produtividade diminui, pois provavelmente isso não estará listado no seu timesheeting e seu desempenho mostrará que fez menos do que deveria.

O negócio também se vê prejudicado, pois contrata funcionários para atender suas próprias demandas e os mesmos estão em desvio de função (qual a diferença entre ficar no shopping duas horas ou atender um pedido pessoal de alguém?). Ainda que uma “autoridade” dessa pertença ao quadro de funcionários, a tarefa exercida não é correlata com benefí­cios diretos para a administração pública.

Isso custa ao erário e também para você que paga impostos. Enquanto resolve seus problemas ou paga um técnico de informática para resolver o problema da rede wi-fi em sua residência, um diretor de entidade pública abastece-se com dinheiro do erário para o mesmo motivo.

dinheiro-publico

OK, mas atendendo um pedido particular do juiz do foro ele terá seu tempo livre para exercer as suas atividades normais e não se preocupar mais com o problema, certo?

Oh yeah? Até onde vai isso?

Começa com um técnico de suporte, segue por um pedreiro em sua casa durante o horário de expediente e acaba onde? Na papuda. Os dois, aliás. O que pediu e usufruiu e o que consentiu.

Eu poderia citar um sem fim de consequências danosas tanto para o suporte quanto para o negócio. Falei apenas da produtividade, mas e quando algo sai errado? Lá vai mais tempo para consertar. E quem paga o salário do analista de suporte? A Administração Pública e, de tabela, você com seus impostos. E o inchamento do departamento de suporte com gente que precisa cada vez mais atender pedidos pessoais. E que tal se lá na frente alguém questionar essa quantidade toda e dizer que na entidade pública parecida eles terceirizaram o suporte por causa disso?

Solução

Antes de tudo, é preciso existir um catálogo de serviços que informe o que o analista pode ou não fazer. O que são suas atribuições e o que está fora do escopo.

A seguir, a classificação de uso dos recursos públicos para fins pessoais numa dessas duas classes:

  • Improbidade administrativa
  • Crimes contra a Administração Pública

cnjVeja os esclarecimentos do Conselho Nacional de Justiça sobre o tema em Entenda os conceitos de improbidade administrativa, crimes contra a administração pública e corrupção e, de maneira complementar, nessa lei 8429 de 02 de junho de 1992.

Quando assumir um novo reitor em sua universidade federal, você que é gerente do Help Desk peça uma audiência e, entre outras coisas, lembre-o que 30% dos atendimentos realizados são de cunho pessoal. Obviamente ele articulará um monte de argumentos e você poderá lembrá-lo do parágrafo acima…

Ui, que vai doer nele isso.

Sim, eu não entendo nada de direito administrativo.

Mas tenho lucidez suficiente para entender que tais gestos atentam contra os princí­pios da administração pública.

Usar recursos públicos para benefí­cio próprio; ah sim, é crime.

A questão é o tato suficiente para abordar o próximo diretor/presidente/reitor/etc. e explicar a situação a ele.

Think about.

Se você não impuser limites, eles abusarão cada vez mais de você e de seu time de suporte. E se isso ainda fosse o pior, não seria tão ruim. Mas consequências mais funestas podem acontecer, é só bota sua cachola para funcionar e ver como estão os times de suporte de empresas públicas similares.

Abrazon

EL CO

1 comentário em “Suporte de empresa pública, tasque improbidade administrativa neles!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.