Ontem foi um começo de uma nova vida…

ois é…

Como já anunciara aqui no blog no artigo Responsabilidade social – dia 28 no São Francisco, palestrei ontem para uma turma de estudantes do curso profissionalizante de informática do Colégio São Francisco. Um misto de jovens com 14 anos e gente mais experiente com seus 30-45 anos.

respos

Confesso que fiquei meio atrapalhado. Perplexo. Sei lidar com os gestores tarimbados, mas frente-a-frente com a gurizada de 14, olhos arregalados na minha direção esperando aprender algo…

Foi algo que me desmontou, hahaha.

Perguntei se conheciam algum MSN para Linux, para exemplicar um serviço de suporte. Dez deles sugeriram vários produtos! Caramba, é a constatação de que essa nova geração nasceu dentro do computador (ou no ventre da mãe tinha, ao menos, um videogame).

Iniciei destacando três princí­pios importantes:

1. A vida não é justa

A parte problemática da minha vida foi não aceitar esse “dilema”.

Esperava que meus velhos me ajudassem a comprar um apartamento, quando jovem.

Esperava que houvesse uma explicação por ter sido demitido de uma empresa.

Esperava que…

injustica

Então uma psicóloga de familia nos perguntou:

– Vocês tem instrução, são sadios etc., por que ficam esperando coisas dos outros? Vão criar sua própria sorte!

E foi o que fizemos.

Assim, salientei esse aspecto pra turma, pois vamos dar um basta ao papo de falta de oportunidade, de injustiça social etc.

É tudo isso mesmo, inegável a realidade.

Mas não podemos permanecer de braços cruzados esperando que alguém resolva as dificuldades pra gente.

2. Sempre que uma porta se fecha, uma janela se abre

smilePra quem ficar atento e de olhos abertos, as oportunidades vão surgir.

Só não pode ter medo de arriscar. Tem que encarar. Enfrentar. Abandonar a zona do conforto.

Dar-se a chance de DAR CERTO!

3. Quem assume responsabilidades, ganha mais

Uma expressão corriqueira é “– Ganho pouco, por isso faço pouco“.

Nada mais prático e garantido para chegar ao fracasso e, um dia, ser substituí­do por um robô ou acabar desempregado.

Comentei que meu pai é motorista de táxi.

Perguntei: “– Que carro acham que ele tem?” Um Uno. Fiesta. Celta.

corolla

Expliquei: “– Um Corolla 2009 e uma Zaffira 2008“.

Uauuu… Foi o ruí­do na sala.

E precisei esclarecer que meu velho, com 78 anos, mais do que conduzir passageiros do aeroporto até o porto de Rio Grande, também tira o tripulante bêbado dos botecos; pega peças no aeroporto, leva até o porto e desembaraça na aduana portuária; troca passagens de avião caso o sujeito perca seu voo; faz o diabo para resolver os problemas que surgem, sem repassar a peteca para os outros.

Ele assume responsabilidades.

E por isso é o preferido das agências de navegação que confiam nele para, muito mais do que transportar passageiros, resolver os pepinos que se apresentam.

Não fujam da responsabilidade. Ao contrário, abracem cada vez mais e tenham certeza que isso será notado.

Da palestra

Well… Discorri sobre o triângulo básico de qualquer organização; conversamos sobre desenvolvimento de software; das oportunidades na área de serviços (ainda que o pagamento seja um skate ou tênis Adidas); do quanto é importante conhecer alguma coisa de administração; do idioma inglês, ainda que técnico; e assim foi…

Um especial agradecimento ao professor Leandro de Araújo que oportunizou um momento í­mpar na minha vida.

Agora vamos pra FATEC, em Sampa (13/05), conversar com uma turma de estudantes universitários e, no dia seguinte (14/05), a Conferência Internacional do HDI.

Mas percebam o sinal dos tempos em nossa comunidade:

Jovens de 14 anos falando e aprendendo sobre suporte técnico!

Abraços e seguem algumas fotos do evento

El Co

Galera se ajeitando, antes do iní­cio da palestra

sao-chico-00001

Prof. de administração da turma em primeiro plano

sao-chico-00002

Esquadrão juvenil em background

sao-chico-00003

Vai saber o que esse loco está apontando

sao-chico-00004

Cheio do entusiasmo

sao-chico-00005

Acho que era um saravá (ou acordando a turma)

sao-chico-00006

Foto tradicional (o sorriso deles é pra fotógrafa!!)

sao-chico-00007

Galáxia, motoca que me levou até o colégio

sao-chico-00008

3 comentários em “Ontem foi um começo de uma nova vida…”

  1. Roberto,

    Com toda certeza tua paletra foi a melhor que já vi..
    Já estou utilizando muitas de suas dicas, muito obrigado pela gentileza de ter ido até nosso curso..

    OBS. Na próxima vez que colocar algo sobre o aquecimento cênico espero que o link seje o site e não o orkut…hehehe

    Mais uma vez obrigado, 

    Abraço.  

  2. Buenas, chê Cohen.

    Hoje tivemos a primeira aula “pós-palestra”.
    O que tenho a te dizer é a respeito do retorno dos alunos. Foi excelente.

    Todos acharam o momento ímpar, uma verdadeira aula na melhor acepção da palavra.

    Mais uma vez, gracias pela oportunidade, pelo comprometimento e pela maneira fantástica de mostrar aos alunos que eles são responsáveis pelo seu futuro.

    Baita abraço!

    Leandro

    P.S. Gracias pelo baralho e pelo livros. Ambos serão muito bem usados!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.