Startup presta suporte técnico de péssima qualidade

Ai, ai, ai…

Podem jogar seus abacaxis sobre o corpo do Cohen, mas…

Diante do ritmo intenso de viagens que tenho realizado, decidi que é hora de migrar para um gerenciador financeiro nas “nuvens” (opaaa!) e que custe uns 50 pila por mês. Emissão de nota fiscal eletrônica, boleto bancário, conciliação bancária, bla bla bla para uma PME como a minha. A dureza é que…

being a cloud

Leio os investimentos milionários que são feitos nesses novos negócios e…

Uma não tem emissão de nota fiscal eletrônica. Puxa, pensei que apenas Porto Alegre estava dez anos atrás do mundo (somente há alguns meses a capital do mundo resolveu aderir a esse método de emissão de nota fiscal).

badA outra hoje me lascou um suporte técnico danado enquanto testava a ferramenta. E nem me enviou o resumo do chat (acho que quando não resolvem o problema do cliente, o mecanismo automático simplesmente não funciona).

Minha conta corrente tem dí­gito verificador “X”. Coisas do Banco do Brasil.

E claro, o sistema que estava testando não aceita esse conteúdo no campo, pois apresentou mensagem de erro quando mandei salvar a informação.

Ela veio em inglês (má qualidade já comprovada na interface com o cliente) — “Informe um valor válido para BankAccountVerificationNumber“. Entrei no chat e expliquei a mensagem para a menina do suporte. Resposta?

“— Limpe o cache do seu navegador.”

“— Sério?”

“— Use o Navegador Chrome.”

Perguntei: “— O sistema aceita X como dí­gito verificador do número da conta?”.

“— Não!”

Como eu vou ser cliente de uma empresa que presta um suporte desses? E se numa hora de aperto eu precisar emitir rapidamente uma nota fiscal mais o boleto para faturar uns pilas legais? Vou receber orientações do tipo:

“— Senhor, por favor, dê três pulinhos, morda a bainha da calça (com ela vestida) e ainda pulando espere minha ligação até o final do ano.”.

?! Fudeu. Hein?!

Eu acabo de vir de um Congresso de Suporte Técnico. Startups, vocês estavam lá?

Please, cuidem com esse esquema de 15 dias grátis de uso. Isso pode ser simplesmente um gol contra quando o cliente  começa a pedir ajuda ao suporte técnico. Não joguem todo o dinheiro captado no desenvolvimento e no marketing, pois…

Quando alguém pedir suporte, essa grana fará falta naquela área quase sempre esquecida e abandonada.

O nome da empresa? Algo que já esqueci (ou quero esquecer).

Abraços a todos,

EL CO

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.