Red book – ele é melhor que o anterior

Realmente, o novo livro é melhor que o anterior

Leitura e avaliação

Ontem à noite consegui ler o Red Booken passant“.

Uma primeira leitura do livro – e não mais do texto – me deixou com uma profunda impressão: ele é ainda melhor que o anterior, Implantação de Help Desk.

Por vários motivos que aqui exponho:

  • Ele desenvolve um diálogo í­ntimo com o leitor. Trata-o como “você”, “sugiro isso”, “pense naquilo” etc. Fala direto com ele. Até eu, que sou o autor, me senti tocado, hehe.
  • Existem os cartuns do Spritzer que quebram o caráter exageradamente sério que carregam os livros técnicos.
  • Os capí­tulos são curtos. Você lê, fecha o livro e se põe a pensar e refletir no que pensou.
  • Esse texto é mais EU, sem dúvida alguma. O outro ainda tinha uma certa “formalidade”; esse é quase – quase – 100% Cohen.
  • Os textos são práticos para o cotidiano do gestor. Ele vai se achar, tenho certeza.
  • Está lotado de exemplos, citações e questões práticas. A gente não fica viajando em como implementar esse conhecimento. O que não significa implementar como está escrito, hehe.
  • Abrange suporte interno e suporte externo. Significa que se um deles não tem 100% do texto, ao menos também não é esquecido.
  • É uma progressão da minha capacidade de escrever. Significa que vem melhorando cada vez mais. Pense no que será o green book!!!

Go there: www.livrogestaohelpdesk.com.br e leia o primeiro capí­tulo na faixa.

Cenas de infantilidade total

Hoje, passada o choque e a emoção preliminar de receber os exemplares, galinhei geral, hahahaha.

É preciso celebrar, sempre encorajo meus alunos. E eu não seria diferente. Por alguns instantes, o mundo foi meu hoje. Daqui a pouco preciso retornar ao trabalho, mas me sinto como o Schmok ao lado, hehe.

Feliz e pleno de satisfação.

Assista se tiver estômago, às imagens gravadas hoje pela manhã.

Abrazon

EL CO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.