Katzo, Gilnei morreu!

Voltei de um treinamento de imersão no balneário de Torres/RS. Foram três dias discutindo e aprendendo, em laboratório vivencial, PODER e AUTORIDADE. Sem celular, televisão, jornal, etc.

Hoje, quando começo a ler os boletins eletrônicos, me deparo com essa notí­cia:

A TI do Rio Grande do Sul perdeu um guerreiro na quarta-feira, 15, com o falecimento do seu diretor executivo e sócio-fundador do Baguete Diário, Gilnei Quintana Marques. O jornalista foi cremado nesta quinta, 16, em Porto Alegre, cidade que assistiu às maiores realizações do profissional, nascido em 08 de junho de 1966 em Santana do Livramento.

Caramba.

Eu participei, como expectador maravilhado, da iniciativa dessa fera em fazer o primeiro clipping eletrônico de notí­cias. Ele acordava às cinco da matina, navegava em todos os principais jornais do paí­s, resumia-as e enviava por email para os inscritos que pagassem R$ 9,00 por mês. Nesse processo foi articulando seus movimentos até chegar ao Baguete de hoje, um veí­culo digital sobre notí­cias do mundo digital.

Recordo as mensagens trocadas entre nós:

tenho saudade daquele tempo, a merda é eu nao estar forrado, nem com o dólar lá embaixo consigo ir para Buenos Aires. Mas tudo bem…

Que negócio é esse da Ivirtua? Nem anunciantes temos…nem colunista de lá…

gilnei

—– Original Message —–
From: “Roberto Cohen – SIAL Software”
To:
Sent: Monday, July 04, 2005 4:43 PM
Subject: Re: =======> CONVITE <======= > Pô, que ordinário!!!!
>
> Eu estou indo para Uruguai e Argentina amanhã!
>
> Avisa em cima do laço só pra me deixar de fora, hein?
>
> OK, OK, trago presente pra ti na volta, santanense.
>
> E epa, PARABí?NS!
>
> Quem te vê agora, com “os bolso” forrados de plata,
> não sabe o que passaste pra chegar até aí­, desde
> coletar uns manguinhos de cada qual, até chutando o
> Galo pra rua, de modos a dar espaço pro amigo clipar
> notí­cias às 5 da matina.
>
> í? com orgulho que posso me lembrar desse tempo e
> ter feito parte da equipe que metia-lhe coluna junto
> com o amigo.
>
> Agora envelheci e só me resta contemplar a pujância
> do Baguete (e sentir uma pitada de raiva pela iVirtua
> que comprou participações no periódico)!
>
> Baita abraço
>
> Cordialmente
>
> El Cohen
>
> https://www.paginadogaucho.com.br
> O MAIOR site sobre cultura GAí?CHA na internet

Inexplicável sentimento que me agonia.

Gilnei era uma fera. Empreendedor. Legal. Gente boa.

Morreu de câncer, essa praga que ceifa vidas de maneira indistinta.

Putz, cara. Que saudades vou sentir…

Das nossa mensagens alegres e irreverentes. Da tua liderança. Do teu abraço ordinário de fronteiriço largado e despojado de frescuras.

Como foste cremado, petiço bagual, não vou te deixar uma flor. Mas represento algo que gostarias ainda mais, gerando aquela escancarada gaitada (gargalhada, em linguagem de gaúcho!):

Quem desejar ler mais sobre a fera, visite:

Setor perde um guerreiro

Trópico de Câncer

:’-(

El Cohen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.