Dream Day: uma forte comunidade de suporte técnico

Pois é, meus sonhos também são altruí­stas.

comunidade

Sempre foi difí­cil engajar a turma para se envolver e debater nossos temas.

Imagine quantas empresas utilizam tecnologia hoje em dia. Você a encontrará em todos os segmentos da economia. E até mesmo fora dela, nos ambientes sociais. Multiplique cada local por dois ou três técnicos prestando suporte, trabalhando no Help Desk e Service Desk e…

Teremos uma multidão que, conforme exposto no HDI 2009, irá superar a quantidade de programadores no mundo.

Mas hein?

Por outro lado, essa massa de profissionais  é pouco engajada em compartilhar conhecimento e experiências.

Não estou sendo arrogante. É meu tempo de vida testemunhando algo.

Se pegarmos outras profissões, como medicina ou técnicos de hardware, existem buzilhões de fóruns, jornais, revistas etc.

Group Online_128E pra temas de Help Desk e Service Desk?

Quase nada.

Sim, existem muitas redes sociais se formando.

Nós temos o HDI, as listas de debate do Yahoo, algo no Ning, “Twittada” aqui e ali, mas…

A impressão é que fica tudo debaixo do tapete.

Certa vez levantei a hipótese que os gestores impediam seus técnicos de compartilhar.

Qual, próximo do trigésimo Help Desk Day (agora em São Paulo) onde sempre já compareceram dezenas de colegas, assisto testemunhos desesperados por conhecimento, por trocas, por “como você faz isso?” e assim por diante.

Assim…

Eu não sei o caminho…

Question Block_256Mas é um sonho a alimentar e ver nosso povo envolvendo-se ativamente em questões de nossa profissão.

Cooperando para desenhar um fluxo de informações dentro de um gerenciamento de incidentes.

Compartilhando seu catálogo de serviços e assim por diante.

Quanto CRESCERÍAMOS juntos ao compartilhar nosso conhecimento?

Quanto serí­amos melhores em nossas atividades ao conhecer as experiências de terceiros?

Vamos ver como estaremos daqui a um ano 😉

Abraços,

EL Cohen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.