Furo: sexto livro do ITIL 3 será “Customer Service”

Sexto livro da biblioteca ITIL versão 3 será Customer Service (Serviços ao Cliente) – ao menos, é a esperança

Oh, yeah, boys and girls.

Esse livro não virá. Mas segundo o palestrante do recente itSMF Fusion Conference, Tom Pierce, deveria urgentemente ser escrito.

Em um artigo baseado na palestra desse sujeito, a articulista Ann All do periódico It Business Edge fez um resumo interessante sobre tal aspiração.

Ele tem 23 anos de TI e trabalha na pouco desconhecida (pegaram a malícia desse bloguista? “não não” vira “sim“) AT&T. Sigam o raciocínio da fera e vejam como ele tem razão!

E sou obrigado a votar!

Filha do presidente dos Correios é exonerada A primeira notícia é a demissão da filha do presidente dos Correios – o que também pediu (?) demissão – da Casa Civil. Ela ganhava R$ 6.400 mensais para fazer um trabalho “sobre enchentes“. Encheu foi nosso saco com tanta maracutaia e nepotismo cruzado! Palhaço Tiririca pode ficar…

Locaweb oferece vaporware para Help Desk?

Locaweb, líder em hosting no Brasil e América Latina, lança produto para Help Desk padrão vaporware?

A notícia me chegou através de nossa assessoria de imprensa, que faz uma clipagem de notícias na mídia, para que possamos espionar acompanhar nossos concorrentes. Ou seja, é divulgação nos maiores jornais de circulação do país.

E fiquei aborrecido. Tenho direito a ficar. Tenho a impressão que a Locaweb pode estar a produzir um vaporware. Pra quem não sabe o significado da expressão, segue trecho do verbete na Wikipedia:

Você e eu somos uns babacas

Pois é. Enquanto a gente rala para melhorar o atendimento aos nossos usuários. Estudamos. Discutimos. Avaliamos. Questionamos. Preparamos projetos. Revisamos. Aplicamos ciclos PDCA sobre funcionalidades e processos em execução… Nossos deputados federais ganham um caminhão de dinheiro pra responder essas coisas (assista ao vídeo). Veja como quase todos apóiam a inclusão de um litro de…

Por que certificação é uma m…

Aeeee…

Finalmente os norte-americanos me escutaram!!!!

Por uma dica enviada via twitter pelo Paulo Borges lá de Belém, cheguei aqui, ao artigo do Computerworld nacional:

Qual a real importância da certificação em TI?

Mas o tradutor foi generoso, por que o texto original da Computerworld dos EUA é:

Bom, já faz um bom tempo que combato essa neurose de correr atrás de papéis, diplomas e certificados (agora digitais). Em outubro de 2005 (quase cinco anos atrás) escrevi:

Titãs do ensino – o caminho é a certificação?

Existem três feras de nossa área de TI que admiro. São muitas as pessoas que admiro, mas esses são excelentes instrutores na área de suporte técnico.

Pier Riboni, diretor da Rhino Consulting. O tal do chapéu de feltro (hehe, eu também tenho um). Egresso da Procergs, monumento da TI pública estadual do Rio Grande do Sul, o Pier certificou-se nas instâncias mais altas do ITIL. Algumas delas no exterior. Metódico, chato, estilo censor, mas na área de educação, é o cara. E tem Roberto no nome, hehe.

Ery Jardim. Hoje na ETC Ibero America. Ex-milico (experiência em hierarquia, organização etc.), Gerdau – na fase boa de expansão internacional -, SESC RS (foi líder de um processo glamouroso de crescimento). Aliás, esse me deu aula particular de ITIL durante um sábado inteiro. Analogias esplêndidas e uma didática muito dez.

Nino Albano. Ex-Alcoa e outras multis, hoje é diretor de planejamento do HDI Brasil.

Já fiz churrasco pro homê lá em casa, visto que ele é paulistano e raras vezes aparece nos pagos sul-rio-grandenses.

OK, vou carimbá-los com o simpático título de TITÃS DO ENSINO.

Por que são nossos gigantes nacionais na área.

E um dia desses, tive um estalo (insight). Descobri uma terrível cohencidência entre eles.

Peter, dá um tempo. O Brasil não é USA

As questões comportamentais, sociais e econômicas do Brasil são diferentes dos Estados Unidos, por isso o que funciona por lá em Service Desk e Help Desk nem sempre funciona por aqui

Quando eu li o artigo no newsletter do HDI Brasil, não dei muita atenção por que estava cheio de coisas pra fazer. E esqueci.

Mas quando ele foi replicado no Baguete, meu periódico digital de coração, as lombrigas se manifestaram na pança e precisei escrever.

O artigo: “10 dias para cortar custos sem sacrificar o Service Desk”

O melhor é você ler ele primeiro. Eu espero. Volte aqui daqui a uns minutos e acompanhe minha crítica.

Ah, você já está de volta? Certo, então…