África, aqui vou eu…

Na próxima semana estarei na África, ministrando treinamento para quatro times de Field Service Yeah! O Congresso do HDI, nas várias edições que participei,  já havia me tornado um sujeito internacional. Mas agora, voando além-mares, me sinto mais empossado desse prestígio, hehe. Na volta, e somente em dezembro, promoção do Curso Atendimento Nota 10. Aproveite…

ANATEL finalmente descobre o problema da má qualidade das ligações

O problema da má qualidade são, nos finalmente, os usuários Fala sério. Notícia que li ontem: Anatel prepara sistema para combater uso de celulares piratas no Brasil A medida irá diminuir os problemas enfrentados pelos usuários, como dificuldades de fazer ligações e queda de chamadas, provenientes do mau funcionamento do aparelho. A medida também irá…

Demolindo os argumentos de F. Baldin sobre feedback

Fernando Baldin olha-se no espelho e pergunta: “- Espelho meu, existem alguém que saiba mais sobre feedback do que eu?”

E o espelho responde que sim.

O Cohen.

Flashback…

Escrevi um artigo aqui no blog resmungando que Fernando Baldin sugeria dar feedback para seus funcionários, mas não dizia como fazer isso.

E mais, eu sugeria no meu artigo que o gestor deve promover o feedback entre o grupo, cedendo o cetro de profeta e cacique para os participantes do grupo também se manifestarem. Se autoajudarem numa espiral crescente de melhoria.

Então ele (o Baldin) escreveu ontem um novo artigo. E ao invés de melhorar a receita, jogou mais pimenta, sal e manjericão na panela, como se isso fosse melhorar o sabor?!

Vamos à crítica estilosa e mordaz do Cohen da frase Baldiana. Perdoem-me o jeito, afinal, não sou padre, nem psicanalista, haha.

Neste momento percebi que o colega estava talvez confundindo sessões de brainstroming com feedback, portanto,

Well, well, well. Brainstorming, Baldin!