Mamma Mia: esplêndido!

Ontem foi um dia daqueles…

Reuniões com time de tecnologia, com pessoal da área comercial para esclarecer números, criação de novo curso (fique ligado, esse é dez!), etc.

A manhã foi tão cansativa que peguei a motoca ao 1/2 dia e fui até uma cidadezinha (Barra do Ribeiro) a 70 kms de Porto Alegre almoçar no Restaurante das Cucas. Um mini-espeto daqueles, com muita carne “jugosa”, como diriam os irmãos do lado de lá do Rio da Prata, hehe.

Voltei e tome-lhe mais reunião, discussões, debates etc. (processo criativo é assim).

E pra matar finalmente meu ânimo, a patroa me convida pra ver o filme Mamma Mia.

UM MUSICAL!

Detesto eles. Volta e meia sou obrigado a assistir em DVD, ao lado dela, O Fantasma da Ópera, Evita etc. Isso por que ela sempre chora e eu fico ali, a consolar minha prenda.

E lá me fui até o Cinemark assistir Mamma Mia.

Mas, katzo! Que filme excelente.

Aquela uma hora e meia passou voando, de maneira divertida e, por que não, nostálgica (a trilha sonora é do Abba). E o melhor: os personagens falam durante o filme. O filme não é só cantado.

A história é a seguinte: